Home » E. Fundamental » 8º Ano » Gerações da Evolução...

Gerações da Evolução dos Computadores

"Depois de séculos com evolução lenta nas formas de automatização e computação, no século XX vimos uma explosão de evolução jamais vista antes


processador-quantico
Processador utilizado na promissora computação quântica

O computador, como o conhecemos hoje, surgiu na década de 1940, com a criação do ENIAC. Como estudado anteriormente, tudo o que aconteceu antes da criação do ENIAC é conhecido como a pré-história da informática.

A informática evoluiu de forma significativa desde a criação do ENIAC, que inicialmente foi criado para fins bélicos e tinha o tamanho do andar do prédio onde se encontrava, hoje está difundido em toda sociedade, e pode caber dentro de seu relógio de pulso.

Como a informática evoluiu de forma estrondosa durante as últimas décadas, a sua história, que começa com o ENIAC, é dividida em gerações, onde cada uma é a evolução da geração anterior e geralmente é representada por algum componente responsável por uma grande redução dos computadores e/ou aumento de performance dos mesmos.

1ª Geração (1943-1959):

Iniciada pela criação do ENIAC, entre 1943 e 1946, a primeira geração tem como uma das principais características o uso da válvula, que fazia com que os computadores fossem grandiosos, complexos e de difícil manutenção.

Outras características dos computadores da primeira geração foi o uso dos cartões perfurados para a inserção de dados, já que ainda não haviam periféricos como o teclado e o mouse; além desta, outra característica foi o uso de linguagens de programação de baixo nível, além de outras características.

Como principais representantes desta geração, podemos citar o ENIAC e o UNIVAC.

eniac
ENIAC
valvulas-eniac
Válvulas utilizadas no ENIAC

2ª Geração (1959-1965):

Nesta geração, os computadores sofreram uma enorme diminuição de seus tamanhos e aumento de velocidade, principalmente pela criação e substituição da válvula pelo transistor (conjunto de válvulas) que, além de consumir menos energia e gerar menos calor, também são muito mais rápido e confiável. Nesta época também foi criado o circuito impresso, eliminando a enorme quantidade de fios que os computadores da primeira geração possuíam.

Outra característica desta geração foi a criação das linguagens de programação de alto nível.

Conceitos utilizados até hoje nos computadores, como o de Unidade Central de Processamento (UCP ou "CPU"), memória e dispositivos de entrada e saída foram desenvolvidos nesta época.

Como principais representantes desta geração, podemos citar o TX-0 e o IBM 1401, e por serem menores, mais baratos e velozes, nesta geração os computadores começaram a serem utilizados pelas grandes empresas.

ibm-1401
IBM 1401 e seus periféricos

3ª Geração (1965-1971):

Na terceira geração, os transistores deram lugar ao uso dos circuitos integrados (C.I), que são conjuntos de transistores. Os CIs também são conhecidos como microchips e sua utilização possibilitou uma maior diminuição dos computadores, ao mesmo tempo que aumentou a velocidade dos mesmos e seu barateamento.

Esta geração também se caracteriza pela melhora do processo de fabricação de componentes eletrônicos, facilitando a fabricação de vários circuitos integrados simultaneamente, fazendo com que eles fossem fabricados em massa.

Um dos principais computadores desta geração foi o PDP-11.

pdp-11
PDP-11

4ª Geração (1971-1981):

Neste período, com a evolução de todos os componentes dos computadores e criação dos microprocessadores, começam a surgiros computadores de uso pessoal.

Diferente das gerações anteriores, o hardware começa a ser fabricado separado do software, principalmente pela criação de linguagens de programação de fácil utilização.

Em 1977 foi lançado o primeiro microcomputador como conhecemos hoje, e que teve enorme sucesso, o Apple II, pois foi o primeiro computador a ser vendido totalmente montado, com teclado integrado e que gerava gráficos coloridos e sons.

apple-II
Apple II

Apesar do sucesso dos computadores pessoais, as empresas ainda os consideravam brinquedos; foi então que a IBM lançou, em 1981, o IBM-PC, que foi um grande sucesso entre as empresas, principalmente por auxiliá-las em cálculos através de planilhas eletrônicas.

ibm-pc
IBM-PC, o computador que popularizou o uso dos computadores

5ª Geração (1981 - dias atuais):

Em 1982 começaram a surgir computadores clones do IBM-PC, conhecidos como IBM PC compatíveis, que, por não pagarem royalties à IBM, eram mais baratos; com isso, começou a disseminação dos computadores na sociedade.

Apple II, IBM PC e compatíveis tiveram grande sucesso de vendas, apesar de não possuírem uma interface gráfica. Isso mudou em 1983, com o lançamento do Lisa pela Apple, o primeiro computador a usar interface gráfica e mouse. Apesar da evolução, ele foi um grande fracasso, principalmente pelo seu alto valor.

Em 1984, a Apple lança o Macintosh, que também possuia interface gráfica e mouse; fez um grande sucesso, pois era mais barato e rápido que o Lisa.

macintosh
Macintosh

Em 1985, a Microsoft lança para o IBM PC e compatíveis uma interface gráfica chamada Windows; suas primeiras versões não fizeram muito sucesso, principalmente por limitações de hardware da época.

windows1.0
Interface do Windows 1.0, primeira versão do Windows

Em 1993 a Microsoft lança o Windows NT, primeira versão do Windows considerada tecnicamente um sistema operacional, pois antes disso ele era apenas uma interface gráfica para o MS-DOS, sistema operacional que era executado nos IBM-PCs e compatíveis.

Os computadores da Apple sempre foram projetados e construídos somente por ela, enquanto que o padrão IBM-PC foi aberto, possibilitando que milhares de empresas pudessem projetar e fabricar componentes e computadores deste padrão; é o padrão de computador mais utilizado atualmente, sendo até mesmo considerado sinônimo de computador.

Futuro

Os computadores mudaram muito até chegarem ao estado atual, principalmente nos últimos 35 anos.

Atualmente os engenheiros tem feito estudos para que os computadores possam ter maior poder de processamento, principalmente afim de simulações científicas e financeiras; ao mesmo tempo os computadores estão ficando cada vez menores, havendo atualmente computadores que possuem até mesmo o tamanho de uma unha.

Em poucos anos se tornarão comuns os computadores quânticos, que poderão ser até 1.000 vezes menores que fios de cabelo, além de gastarem décimos da energia que os computadores atuais consomem e terem velocidade absurdamente superior aos computadores atuais.


+ RECENTES DE E. Fundamental

Netscape x I. Explorer
A Verdadeira História da Internet
Crescimento da Arpanet
História da Internet
Internet
Internet
sistemas-numericos
Sistemas Numéricos
comments powered by Disqus

Voltar ao Topo